O que você precisa saber sobre a cirurgia para corrigir erros refrativos

  • Home
  • Blog
  • O que você precisa saber sobre a cirurgia para corrigir erros refrativos

A cirurgia de correção refrativa, ou simplesmente cirurgia de correção, é uma técnica usada há mais de 20 anos. É útil para reduzir ou eliminar a necessidade de usar óculos ou lentes de contato. Se você pensa em fazer uma cirurgia de correção, há algumas coisas que você precisa saber. Vamos lá?

Sou um candidato a fazer a cirurgia?

A cirurgia de correção a laser é indicada para pessoas com miopia, hipermetropia e astigmatismo. Entretanto, para fazer a cirurgia há algumas condições, como:

– Ter mais de 18 anos

– O grau do problema refrativo precisa estar estável, no mínimo, há um ano

– Não pode haver nenhuma contraindicação médica para a cirurgia

Quais são as contraindicações?

Algumas doenças podem afetar a cicatrização, o que pode vir a ser uma contraindicação médica para realizar a cirurgia. Problemas vasculares, lúpus, artrite reumatoide e AIDS são doenças que podem afetar o processo de cicatrização, o que é fundamental para um bom resultado da cirurgia. Algumas condições oculares, como a síndrome de Sjögren, astigmatismo irregular, uma pupila grande, córnea pequena ou ceratocone também podem interferir na indicação da cirurgia.

Vou precisar óculos depois?

A cirurgia de correção a laser, embora seja feita para diminuir ou eliminar a necessidade de usar lentes de contato ou óculos, pode não atingir esse resultado em todos os pacientes. Alguns ainda vão precisar das lentes de correção para algumas atividades. Além disso, quem sofre de presbiopia não é beneficiado com a cirurgia.

Como o LASIK funciona?

LASIK é o nome do procedimento mais comumente usado para a cirurgia de correção refrativa. A cirurgia consiste em um corte muito fino na córnea por meio de uma lâmina acoplada a um aparelho chamado de microcerátomo. O médico aplica o laser para corrigir o grau e depois fecha novamente esse corte, chamado de flap.

O LASIK altera o formato da córnea e melhora a forma pela qual a luz é focada ou refratada pelo olho. O EXICIMER LASER remodela o formato da córnea e pelo ajuste do feixe de luz do laser consegue tratar altos graus de miopia, e moderados de astigmatismo e hipermetropia. O disco corneano é recolocado na posição original.

O processo PRK é mais utilizado para corrigir graus baixos ou moderados de miopia e astigmatismo. Até a perfeita cicatrização podem surgir, temporariamente, embaçamento de visão e certo desconforto, sintomas que podem ser amenizados com o uso de colírios e analgésicos. A avaliação do resultado visual final do PRK acontece num período estimado de algumas semanas a seis meses, conforme as características de cicatrização do organismo de cada paciente.

Existem riscos na cirurgia de correção de grau?

Qualquer cirurgia apresenta risco, incluindo a cirurgia para correção de erros refrativos. Tanto o método LASIK quando o PRK podem causar danos temporários ou permanentes nos olhos, incluindo visão dupla, olhos secos, manchas na visão, aumento da sensibilidade à luz e necessidade de uso de óculos ou lentes de contato. Em alguns casos, de forma mais rara, pode ocorrer perda da visão.

O que esperar da cirurgia?

Antes da cirurgia, o oftalmologista irá receitar alguns colírios para reduzir a secura dos olhos e a inflamação. Assim como ele irá orientar sobre a descontinuação do uso de óculos ou lentes e quando parar de usar cremes ou loções faciais. A cirurgia, em geral, leva cerca de 30 minutos. A avaliação pré-operatória é de extrema importância. Os exames feitos antes do procedimento são fundamentais para guiar o médico durante a cirurgia. O paciente recebe alguns colírios antes de ser colocado na maca. Normalmente, os dois olhos são operados no mesmo dia.

Como é a recuperação?

Em geral, a recuperação é rápida. O ideal é visitar o oftalmologista um ou dois dias após a cirurgia. É possível sentir dor ou desconforto, sensação de ter um corpo estranho nos olhos, embaçamento na visão, entre outros sintomas esperados. É fundamental seguir as orientações do médico. Coçar os olhos é algo totalmente inadequado. Não é recomendado usar maquiagem, cremes ou loções por pelo menos um mês depois da cirurgia. Deixe para depois também os esportes radicais, banhos de mar, piscina ou banheira. É importante ainda usar óculos escuros com proteção contra os raios solares.

O que pode acontecer depois da cirurgia?

Nos seis primeiros meses de cirurgia podem ocorrer mudanças na visão. É comum embaçamento, pontos luminosos, sensibilidade à luz, dificuldades em enxergar à noite e olho seco. Por isso, é importante fazer o acompanhamento com seu oftalmologista durante, pelo menos seis meses depois da cirurgia.

Qual a efetividade dessa cirurgia?

A efetividade da cirurgia de correção refrativa é alta, em torno de 95%. Estudos mostram que mais de 90% das pessoas que fizeram os procedimentos estão satisfeitas com os resultados.

Agora que você aprendeu um pouco mais sobre a cirurgia para correção de grau, que tal entrar em contato com o Tranjan Hospital de Olhos e marcar sua avaliação? https://clinicatranjan.com.br/agendamento/

Posted in:

Blog

Caso queira mais informações a respeito deste exame utilize o espaço abaixo:

Facebook

Instagram

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No feed found.

Please go to the Instagram Feed settings page to create a feed.

Desenvolvido por &
WhatsApp
x
Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site. Aceitar