Exame de fundo de olho pode detectar diversas doenças

  • Home
  • Blog
  • Exame de fundo de olho pode detectar diversas doenças

A visão é um dos sentidos mais importantes do ser humano e por isso é fundamental preservá-la.
Cuidados como ir ao oftalmologista regularmente e realizar todos os exames solicitados são essenciais para manter a saúde dos olhos em dia.
Um dos exames oftalmológicos mais comuns e importantes é o teste de fundo de olho, ou oftalmoscopia, que analisa as condições do humor vítreo (líquido do olho), da retina, dos vasos sanguíneos (veias e artérias retineanas) e do nervo óptico.
Por meio desse exame é possível detectar diversos tipos de doenças como o glaucoma, tumores na retina e, sobretudo, acompanhar a evolução de doenças sistêmicas como diabetes, hipertensão arterial, inflamações reumáticas, entre outras, que podem trazer danos irreversíveis aos olhos.
Quem deve fazer
Qualquer pessoa e até mesmo crianças devem fazer o exame de fundo de olho regularmente. Além disso, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) aconselha que todos os recém-nascidos sejam submetidos ao exame de fundo de olho, principalmente os prematuros e filhos de mães que tiveram infecções durante a gestação.
Como é feito
O oftalmoscópio é um exame simples e não requer muito tempo. O equipamento conta com uma lente especial que possibilita ampliar a imagem diversas vezes e observar as estruturas oculares. Em alguns casos, o médico também poderá dilatar a pupila para poder enxergar melhor as condições do globo ocular.
Além do oftalmologista, outros especialistas também podem realizar o exame, como o clínico-geral, o endocrinologista e o neurologista. No entanto, o objetivo desses médicos é avaliar outros aspectos da saúde do paciente, como diabetes, hipertensão, entre outros.

Posted in:

Blog

Facebook

Instagram

Desenvolvido por &
WhatsApp