Olhos vermelhos nem sempre são sinal de conjuntivite

  • Home
  • Blog
  • Olhos vermelhos nem sempre são sinal de conjuntivite

Basta uma coceira nos olhos, seguida de vermelhidão, para se pensar em conjuntivite. Entretanto, esses sintomas podem indicar uma série de outras doenças que afetam os olhos, como a uveíte, doença inflamatória que atinge a úvea, composta pela íris, corpo ciliar e coroide. Em alguns casos, a retina e o nervo óptico também podem ser afetados.

A íris é a parte colorida do olho, que conseguimos identificar facilmente, cujo formato lembra um anel. O corpo ciliar é formado por músculos que deixam o cristalino mais grosso ou mais fino, dependendo do tipo de visão a ser usada (perto ou longe). Por fim, a coroide é o tecido que reveste internamente o olho.

A uveíte corresponde a cerca de 5 a 20% dos casos de cegueira no mundo. No Brasil, é o principal diagnóstico em pacientes que frequentam instituições para reabilitação visual, sendo responsável ainda por cerca de 4% dos atendimentos em serviços de urgência. Estima-se que a doença afeta de 14 a 28 pessoas a cada 100 mil.

Causas       

A maioria dos casos de uveíte não tem causa conhecida. Entretanto, algumas doenças sistêmicas, ou seja, que afetam outras partes do corpo humano, podem causar a uveíte, como:

  • Toxoplasmose
  • Herpes
  • Citomegalovírus
  • Tuberculose
  • Sífilis
  • Doenças reumatológicas
  • Leucemias e linfomas
  • Traumas oculares
  • Infecção por vírus, bactérias ou fungos

Sinais e sintomas

O sintoma que mais chama a atenção é a dor nos olhos ou ao redor, vermelhidão, inchaço na pálpebra e sensibilidade à luz. Como afeta a pupila, que fica contraída, a visão tende a ficar borrada.

Diagnóstico e tratamento

Embora os sintomas sejam parecidos com a conjuntivite, a uveíte é uma condição mais grave, que requer tratamento imediato. Isso porque pode causar danos irreversíveis ao globo ocular, podendo levar ao desenvolvimento do glaucoma, descolamento da retina e cegueira.

Cada caso vai demandar um tipo de tratamento, já que quando a uveíte é causada por outras doenças, é preciso também tratá-las para controlar a doença. Além do uso de medicamentos e colírios, alguns pacientes podem precisar de internação para administração de fármacos de uso hospitalar. 

Lembre-se: Olho vermelho nem sempre é sinal de conjuntivite, procure seu médico oftalmologista.

Posted in:

Blog

Caso queira mais informações a respeito deste exame utilize o espaço abaixo:

Facebook

Instagram

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No feed found.

Please go to the Instagram Feed settings page to create a feed.

Desenvolvido por &
WhatsApp
x
Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site. Aceitar